2.8.06

 
+ CORREIO DA TCN

A Polícia Judiciária fez buscas às instalações da TramCroNe (TCN), em Lisboa, de onde levou “tudo o que dizia respeito” a Luís Vilar e Marcelo Nuno, antigos colaboradores da empresa e vereadores da Câmara Municipal de Coimbra. Vilar, pelo PS, actualmente com o mandato suspenso, e Nuno, pelo PSD, ambos líderes das concelhias dos respectivos partidos.

Júlio Macedo, presidente do conselho de administração da TCN e da Demagre (empresas envolvidas na compra de um antigo edifício dos CTT, em Coimbra), confirmou ao CM a intervenção da PJ, numa altura em que Luís Vilar já tinha sido constituído arguido num inquérito em que é suspeito da prática dos crimes de corrupção e tráfico de influências. “Em Fevereiro/Março deste ano, a PJ levou das nossas instalações os recibos dos vencimentos de Luís Vilar e Marcelo Nuno e outra documentação. Informaram-nos de que estavam a proceder a averiguações que não podiam divulgar.”Júlio Macedo confirmou, também, que Vilar (antigo empregado bancário) e Marcelo Nuno (economista) trabalharam para a TCN durante “um ano e tal”, período em que ambos estiveram na vereação da Câmara de Coimbra. “Luís Vilar trabalhou connosco em 2004 e Marcelo Nuno saiu da empresa em Maio deste ano.”Marcelo Nuno não foi constituído arguido, por, segundo noticiou (em 13/7/2006) o semanário ‘Campeão das Províncias’, de Coimbra, ter sido essa a determinação do Ministério Público, contrariando assim o que chegou a ser encarado pela PJ. O economista só saiu da TCN depois de saber que Vilar tinha sido constituído arguido.O CM tentou saber se a PJ também efectuou algumas diligências na autarquia, mas o presidente da C.M. de Coimbra, Carlos Encarnação (PSD), não quis falar sobre assuntos que, salientou, estão em “segredo de justiça”, limitando-se a informar que Vilar pediu o prolongamento, por mais três meses, da suspensão de mandato.CARTA POLÉMICANuma carta que o empresário Ruy Manuel Silva, residente em Inglaterra, enviou para a TCN e chegou à Procuradoria-Geral da República em Janeiro de 2004 – e que, como o CM noticiou (24/7/2006), está a ser investigada pelas autoridades –, um dos pontos tem a ver com a Câmara de Coimbra e a empresa presidida por Júlio Macedo. Diz Ruy Silva que Júlio Macedo e Pedro Garcês (ex-director da TCN, actualmente administrador na Unidade de Saúde de Coimbra, entidade sedeada no antigo edifício dos CTT) falaram-lhe do “interesse do Estado” e dos Correios “em particular”, na “futura venda de cerca de 160 instalações, com contrato de arrendamento assegurado”. “E que junto dos CTT possuíam elemento responsável e por vós muito bem ‘comandado’..., o mesmo que teria proporcionado outras facilidades... nomeadamente, aquisição do edifício de Coimbra, cidade onde dominavam a Câmara Municipal e a pessoa do seu presidente...”.Júlio Macedo garante que o conteúdo desta carta é “falso”. PRÉDIO VENDIDO POR 14,8 MILHÕES JÁ VALE 34O prédio que os CTT venderam à Demagre a 20 de Março de 2003 (na altura em que a empresa era presidida por Carlos Horta e Costa), por 14,8 milhões de euros e que no mesmo dia foi adquirido pela Gespatrimónio (empresa do Grupo Espírito Santo) por 20 milhões, tem hoje em dia um valor contabilístico de 34 milhões de euros. Esta é a verba que consta no relatório e contas de 2005 da Gespatrimónio. Confrontado com este valor, Júlio Macedo, presidente do conselho de administração da Demagre e da TCN, disse ao CM: “Essa valorização tem a ver com os inquilinos que lá estão – CTT, uma clínica, um Tribunal e a Associação de Informática da Região Centro.”Além dos 20 milhões da venda do antigo edifício dos CTT, a Gespatrimónio deu à Demagre um prémio de 12,5 milhões de euros. Macedo confirma a verba, mas assegura que a Demagre só teve um lucro de 200 mil euros com o negócio: “O resto do dinheiro que recebemos foi para pagar as inúmeras obras que fizemos num prédio que encontrámos totalmente degradado. Além disso, fomos nós que pagámos a instalação de todas as entidades que foram ocupar o local. Gastámos mais de 17 milhões de euros em obras. Houve uma altura em que chegámos a pensar que íamos ter prejuízo. Felizmente, tivemos um lucro de 200 mil euros.” TCN ESTEVE INTERESSADA EM QUINTA DE COIMBRAAlém do negócio do antigo prédio dos CTT, a TCN esteve interessada na quinta de São Jorge do Milreu, em Coimbra, “posição” que, segundo Júlio Macedo, vendeu à empresa inglesa Ebony Concepts Limited. “A TCN nada tem a ver com a Ebony. O que se passou foi que nós vendemos a essa empresa inglesa o contrato de promessa de compra e venda relativamente à Quinta de São Jorge. Sei que há projectos metidos na Câmara de Coimbra, sempre via Ebony.”No início deste ano, Luís Vilar participou numa votação em que a C.M. de Coimbra autorizou a Ebony a elaborar um plano de pormenor para avaliar se 20 mil dos 376 400 metros quadrados da Quinta de São Jorge podem ser destinados a habitação. Já Marcelo Nuno não quis participar na votação, alegando “eventual conflito de interesses”. Na altura, estava ligado à empresa TCN.LUÍS VILAR TENTOU ANGARIAR INQUILINOSSimões da Costa, ex-presidente do União de Coimbra, assegurou ao CM que em “2003/2004 andou a negociar” com a TCN a ocupação de parte do antigo prédio dos CTT, frisando ter sido contactado por Luís Vilar. “Foi através dele que fui a alguns encontros com representantes dessa empresa. Mas Luís Vilar nunca me disse que trabalhava para a TCN. Mais, sempre achei que havia algo que não estava bem. Vilar, aliás, queria que o União de Coimbra alugasse a totalidade do edifício da Av. Fernão Magalhães – por uma verba exorbitante, creio que eram 100 mil euros por mês – e que depois tratasse do subaluguer. Disse-lhe que não. Que só queríamos uma parte para instalar o Bingo. O negócio acabou por não se concretizar.”Confrontado com o que Simões da Costa referiu ao CM, Júlio Macedo, presidente da TCN, disse: “O senhor Luís Vilar só começou a trabalhar para a empresa, como consultor, em Janeiro de 2004, depois de termos entregue o prédio à Gespatrimónio. E, nessa altura, já estava todo arrendado.” VEREADORES NÃO ATENDEM TELEFONESNos últimos dias, o CM fez várias ligações para os habituais telemóveis de Luís Vilar e Marcelo Nuno, mas ambos estiveram incontactáveis. Além disso, o CM esteve ontem na habitual reunião semanal da vereação da Câmara Munipal de Coimbra. Luís Vilar esteve ausente e não foi possível falar com Marcelo Nuno.
Octávio Lopes/J.H.
Pedro Garcês, (companheiro de luta de Júlio Macedo na TCN), é o presidente (representando 75% do capital) da Unidade de Saúde de Coimbra/Fernão Mendes Pinto Saúde S.A, instalada no tal edíficio dos Correios. A USC tem também outros curiosos negócios e protocolos na área da Saúde, em Tábua e Montemor. Recorde-se que o Hospital da Mealhada acusou o Regateiro da ARS (mais um destacado militante do PS) de andar a protocolar camas a mais, com a empresa que também é representada por Camarneiro (candidato derrotado pelo PS à C.M. de Montemor). Segundo o DC, um responsavél do referido Hospital, coloca em causa os referidos protocolos e chega a afirmar: " Pensávamos que o Estado era uma pessoa de bem." Vamos ver como tratam da saúde a esta gente fina e rica, às tantas, Vilar e Marcelo são vitimas do sistema das Tulipas. À cautela, recomenda-se que tenham cuidado com O CÃO. Depois não digam que a culpa é dos blogues!

Comments:
O que vale é que a PJ não dorme !!!
 
Está confirmado. O Jovem das escolas de Coimbra regressa da Invicta. É mais uma transferência do Porto para Coimbra.
Campos assume o comando do Eirense, já a partir desta temporada. Com ele podem chegar alguns pontas de lança e um guarda marketeer. É público que podem vir dos lados do time do dono do Continente, do Taveirense e do Cidade de Coimbra. Vamos ver se estes reforços chegam para a equipa ser notícia na europa, ou se apenas, vão servir para ficar acima da linha de água.
 
ainda bem k há bloges.
vivam os bloges.
 
Deus não dorme e São Lucas tb não.
 
Esta cidade está uma MERDA.
 
ESTA CIDADE É UM LUXO. PRINCIPALMENTE EM AGOSTO. SEM MÉDICOS E SEM ESTUDANTES, PARECE UMA CIDADE DE 1º MUNDO.
 
Eu vou um pouco mais longe.
É uma Terra de 'artistas'.
Abençoada democracia que revela tão bons 'esquadros' para gerir os destinos de um povo inerte.
Monteiro
 
ORA AI ESTÁ,FALAR DO HOSPITATEL DOS CORREIOS.UM BOM ASSUNTO PARA A JORNALADA LOCAL. PARECE QUE O LOBIE ANDA MEIO ADORMECIDO. ALGUEM PODE EXPLICAR PORQUE É PUSERAM UM JORNALISTA -JUNIOR COMO ADMINISTRADOR DA COISA. BEM, NÓS SABEMOS QUE DESDE QUE O EL TACONES É ADM. DO HOSPITAL DOS MALUCOS TODA A GENTE PODE SER QUALQUER COISA. MAS NESTE CASO, NÃO É O CASO.
 
Mas o Luisão sempre vem?
 
É para admirar que o Calinas e as Beiras com o seu trabalho de pesquisa jornalístico ainda não tenham concluído o precesso para o divulgarem aos seus leitores.
Quando eles falarem, das duas, uma: ou o assunto já está ultrapassado (o que é normal), ou alguém cá do burgo já lhes cortou o pio (corrumpeu).
Monteiro o curioso.
 
Jornalista junior. acho que nem jornalista é mais!
 
se é que alguma vez foi, claro....é mais um oportunista, de comum só tem o ista
 
Pois...nisto da empresa do cão os jornais do burgo andam a ver passar a caravana.
 
DIARIAMENTE NO ARENA LOUNGE DO CASINO LISBOA
JUKEBOX
DJs animam o fim da noite
da 1 às 3 da manhã
e
da 1 às 4 da manhã às 6ªs, sábados e vésperas de feriados

EM AGOSTO:
1 Agosto - Mr Cheeks (Supafly)
2 Agosto - Jorge Évora (Radio Oxigénio)
3 Agosto - Mike Stellar (Club journeys / Jazzpicante)
4 Agosto - Alcides de Sousa (The Deal)
5 Agosto - Belita (Ofirprod)
6 Agosto - Kamala
7 Agosto - Carla Menitra (Maedela / Lowbudget)
8 Agosto - André Caxaria
9 Agosto - Kalaf (1-Uik / Enchufada)
10 Agosto - Joao Gomes (Cool Hipnoise / Spaceboys)
11 Agosto - Belita (Ofirprod)
12 Agosto - Alcides de Sousa (The Deal)
13 Agosto - Kamala
14 Agosto - Carla Menitra (Maedela / Lowbudget)
15 Agosto - Zé Cunha (The Serenaders)
16 Agosto - Jorge Évora (Radio Oxigénio)
17 Agosto - Mike Stellar (Club journeys / Jazzpicante)
18 Agosto - José Belo (Loop Recordings)
19 Agosto - André Caxaria
20 Agosto - Kamala
21 Agosto - Carla Menitra (Maedela / Lowbudget)
22 Agosto - André Caxaria
23 Agosto - Kalaf (1-Uik / Enchufada)
24 Agosto - Joao Gomes (Cool Hipnoise / Spaceboys)
25 Agosto - Jorge Évora (Radio Oxigénio)
26 Agosto - D-Mars (Rocky Marsiano / Double D Force)
27 Agosto - Kamala
28 Agosto - Carla Menitra (Maedela / Lowbudget)
29 Agosto - Mr Cheeks (Supafly)
30 Agosto - José Belo (Loop Recordings)
31 Agosto - Mike Stellar (Club journeys / Jazzpicante)
 
DIARIAMENTE NO ARENA LOUNGE DO CASINO LISBOA
JUKEBOX
DJs animam o fim da noite
da 1 às 3 da manhã
e
da 1 às 4 da manhã às 6ªs, sábados e vésperas de feriados

EM AGOSTO:
1 Agosto - Mr Cheeks (Supafly)
2 Agosto - Jorge Évora (Radio Oxigénio)
3 Agosto - Mike Stellar (Club journeys / Jazzpicante)
4 Agosto - Alcides de Sousa (The Deal)
5 Agosto - Belita (Ofirprod)
6 Agosto - Kamala
7 Agosto - Carla Menitra (Maedela / Lowbudget)
8 Agosto - André Caxaria
9 Agosto - Kalaf (1-Uik / Enchufada)
10 Agosto - Joao Gomes (Cool Hipnoise / Spaceboys)
11 Agosto - Belita (Ofirprod)
12 Agosto - Alcides de Sousa (The Deal)
13 Agosto - Kamala
14 Agosto - Carla Menitra (Maedela / Lowbudget)
15 Agosto - Zé Cunha (The Serenaders)
16 Agosto - Jorge Évora (Radio Oxigénio)
17 Agosto - Mike Stellar (Club journeys / Jazzpicante)
18 Agosto - José Belo (Loop Recordings)
19 Agosto - André Caxaria
20 Agosto - Kamala
21 Agosto - Carla Menitra (Maedela / Lowbudget)
22 Agosto - André Caxaria
23 Agosto - Kalaf (1-Uik / Enchufada)
24 Agosto - Joao Gomes (Cool Hipnoise / Spaceboys)
25 Agosto - Jorge Évora (Radio Oxigénio)
26 Agosto - D-Mars (Rocky Marsiano / Double D Force)
27 Agosto - Kamala
28 Agosto - Carla Menitra (Maedela / Lowbudget)
29 Agosto - Mr Cheeks (Supafly)
30 Agosto - José Belo (Loop Recordings)
31 Agosto - Mike Stellar (Club journeys / Jazzpicante)
 
O Regateiro não é militante do PS. É independente.
 
Querem notícias: tomem
Quanto paga o IEP aos fulanos da Quinta das Varandas/Clube de Empresários pelas suas isntalações em Coimbra?
3000 CONTOS- MÊS
Nessa altura, quem era vice-presidente do ICER, quem era o presidente do clube dos empresários...
Está tudo ligado
 
MAS O REGATAS NÃO É PRESIDENTE DA ASSEMBLEIA DE MIRA PELO PS?
 
É preciso ter grande lata!

O Marcelinho devia era ir para casa coçar as virilhas e dar uma lição de civismo: abandonar a Câmara Municipal. Isso sim é que é ser homem...e não andar para aí a dizer mal do seu colega Mário Nunes, de quem diz ser um atrasado mental!
 
O RATO MICKEY A DIZER MAL DO SHEREK.

A CÂMARA É MESMO UMA ANIMAÇÃO.
 
Não sei onde isto vai parar...pelas costas é só sangue!
Pela frente amigos, vinho e gajas.

Para que isto comece a animar só falta mesmo o Fausto ser candidato pelo PS!
 
É fartar vilanagem.
 
Lá pela 8 de Maio a coisa "está preta". Vai mesmo dar raia. hahaha
Os pulhas que aqui todos insultam ainda vão ter lugar no Hotel dos Arcos.
 
Volto a dizer. O Regateiro NÃO É militannte do PS.

É independente.
 
Soube-se hoje.

Marcel rescindiu amigavelmente com a Académica, segundo um ofício da FPF para a AFC.
Isto quer dizer o quê? Que o Marcel foi negociado sem tuste para a Académica, ou isto é só um proform?
Já que vocês têm a mania que sabem tudo, porque não se informam?
Os sócios agradecem.
Segundo dizem, na ACADÉMICA não entrou um (1) tostão.
 
Tive uma ideia !...
E se eu contactasse os meus amigos de Israel, para numa noite destas, aproveitando a ausência da malta dos Correios (pq não sou terrorista) e lhes pedisse para bombardear o edifício da F. de Magalhãaes... para se acabar com a pessonha !?...

Que tal?

Ou então, fazer dele uma extenção do Sobral Cid !...
 
Madeira
Alberto João Jardim diz que proibiu divulgação da lista de devedores ao Fisco na Região
02.08.2006 - 21h24 Lusa



O presidente do governo regional da Madeira, Alberto João Jardim, afirmou hoje ter proibido a administração fiscal da Região de divulgar a lista de contribuintes com dívidas ao fisco no arquipélago.

Jardim falava no âmbito da inauguração de uma zona balnear no Jardim do Mar, na zona oeste da Madeira, que representa um investimento de 300 mil euros.

"Ainda ontem [terça-feira] proibi que, da parte do governo da Madeira, agora que a administração está sob a nossa responsabilidade, pusesse o nome das pessoas que não pagaram isto ou aquilo", disse o governante madeirense.

O líder regional anunciou ter mandado executar na Região "todos aqueles que não pagam nem as dívidas à segurança social, nem as dívidas às finanças".

Apontou ainda que na Madeira, "só num ano, se registou um aumento entre 13 e 15 por cento na cobrança das dívidas fiscais".

"Há meios mais eficazes para cobrar as dívidas sem ser andar a violar a privacidade de cada pessoa", sustentou Jardim.

A lista, que foi publicada segunda-feira no site do Ministério das Finanças (http://www.e-financas.gov.pt), apresenta 288 contribuintes com dívidas ao fisco e não inclui qualquer nome de devedores da Região da Madeira.

Contactado pela agência Lusa, o Ministério das Finanças não quis fazer comentários às declarações de Alberto João Jardim.


MAS QUE PORRA VEM A SER ISTO? O GAJO ESTÁ PIOR QUE O SALAZAR !?...
 
O regatas é de todos. Avental, opus. de quem lhe pagar.
 
o caramelo deixa de atirar bolas prá sereia,a época não é de futebol,embora isso fosse melhor pra ti...né???
 
Enviar um comentário



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?